TUBERCULOSE E HANSENÍASE
Grupo de Trabalho reforça atendimento à população
Publicado em 04 de maio de 2016 - VIA Portal ISSM

Foto: ARISTEU CHAGAS
Aristeu Chagas Unidades de saúde têm atendimento especializado para população
Para atender as necessidades e levar os serviços assistências à população diagnosticada com tuberculose e hanseníase, a atenção básica da Sesau (Secretaria da Saúde) disponibiliza atendimento especializado nas unidades do Município. Além do tratamento oferecido nos postos de saúde, a equipe realiza trabalho educativo nas comunidades com o apoio do GT/TB (Grupo de Trabalho de Controle da Tuberculose e Hanseníase), formado por técnicos da rede municipal e representantes da sociedade civil. Dentre os serviços oferecidos estão acompanhamento da equipe multiprofissional do Departamento da Atenção Básica, oferta de medicamentos e suporte nutricional (mensal) ao paciente, uma vez que uma boa alimentação é fundamental no tratamento, que é concluído no prazo médio de seis meses para os diagnosticados com tuberculose e de seis a um ano para os casos de hanseníase. A Sesau alerta a população sobre a importância de não interromper o tratamento, para evitar que as cepas da tuberculose fiquem mais fortes e resistentes. Se o paciente desistir da terapia, mesmo que morra a maioria dos bacilos mais fracos, os sobreviventes se multiplicarão, o que causará a chamada tuberculose multirresistente. Nos casos de pacientes que interromperam o tratamento ou enfermos com problemas de saúde associados e que precisam de outros especialistas, como endocrinologistas, pneumologistas, dermatologistas e infectologista, são encaminhados para a Policlínica do Centro ou para o Cres (Centro de Referência e Especialidade em Saúde). No entanto, o atendimento continua a ser prestado pela equipe de origem. GRUPO DE TRABALHO Criado em 2009, em substituição à Comissão Municipal para o Controle da Tuberculose, o GT/TB (Grupo de Trabalho de Controle da Tuberculose e Hanseníase) é uma instância colegiada de caráter consultivo e propositivo, cuja missão é ser um articulador entre o governo e a sociedade civil, na busca da integração e contribuição para políticas públicas do controle a tuberculose e hanseníase no Município, para dar mais visibilidade às ações de mobilização, defesa, comunicação social, monitoramento e avaliação. O Grupo de Trabalho é formado por membros do Conselho Municipal de Saúde, da Vigilância Epidemiológica, Departamento da Atenção Básica, Coordenação de DST/HIV e Conselho Local de Saúde, além da Sedes (Secretaria do Desenvolvimento Social), representantes do segmento religioso e de ONGs que trabalham com ações sociais e culturais. Entre as atividades oferecidas pelo GT/TB estão a elaboração do plano de trabalho, monitoramento e avaliação do plano, além dos indicadores operacionais e epidemiológicos relacionados aos agravos, para avaliar o impacto das ações.



Autor: ASCOM PMC




Principal Ouvidoria
Instituto de Seguridade do Servidor Municipal: Rua Francisco Drumond, S/N, Centro Administrativo. CEP. 42.800-970
Camaçari - Bahia - Brasil - Tel +55 71 3621-6632
Horário de funcionamento de 08h as 17h
Horário de atendimento de 08h as 16h
© 2010 - Versão: 2.0.0 - Prefeitura Municipal de Camaçari Desenvolvimento - Secad/CCTGI/GEPRO