SÃO THOMAZ DE CANTUÁRIA
Procissão encerra festejos
Publicado em 06 de janeiro de 2014 - VIA Portal ISSM

Foto: Agnaldo Silva
Ivanize Gomes é devota de São Thomaz de Cantuária

Os devotos de São Thomaz de Cantuária participam, nesta terça-feira (07/01), das atividades em homenagem ao padroeiro de Camaçari. A data, feriado municipal, lembrará também a fundação da paróquia no Município.

As atividades começam 5h com alvorada e em seguida acontecem o oficio de Nossa Senhora, a missa dos homens/oração das laudes, o café da manhã partilhado, a missa dos enfermos e a missa das crianças. À tarde, às 15h, a missa com o terço da misericórdia.

A tradicional procissão acontece às 16h e sai da Paróquia Nossa Senhora Sant’Ana, no bairro Gleba A. De lá, os fiéis percorrem a avenida do Canal, o Canal da Manuela, um trecho da avenida Concêntrica até a avenida 28 de Setembro.

De lá, os fiéis seguem pelos dois trechos do programa de urbanização do rio Camaçari, recém inaugurados pela administração municipal, que vão da ponte da avenida 28 de setembro até a praça da Simpatia.

Ao chegar na Praça da Simpatia, a procissão sobe a rua Adelina de Sá, dobra a rua Costa Pinto e segue até a praça Desembargador Montenegro, local onde será realizada a missa campal pelo bispo da Diocese de Camaçari, Dom João Carlos Petrini.

Após a missa, serão realizados shows com as bandas Obra de Deus e Só Louvores, além de uma quermesse com barracas de doces, salgados, bebidas e artigos católicos.

O bispo Dom João Carlos Petrini lembrou que o padroeiro, São Thomaz Becket, Thomaz de Cantuária. “Para nós, é motivo de inspiração, modelo de vida e também intercessor junto ao Pai”. 

Devota do santo há 10 anos, a cozinheira Maria José de Miranda, 53 anos, moradora do bairro Camaçari de Dentro, contou que já intercedeu por ele diversas vezes e teve graças obtidas. “Só tenho a louvar e agradecer por tudo que conquistei, pedindo a Deus pela interseção de São Thomaz. Amanhã, vou participar, mais uma vez, com fé, desse dia festivo para nossa cidade, pedindo mais paz e prosperidade para todos nós”.

Há 12 anos, a autônoma Ivanise Maria Gomes, 48 anos, moradora do bairro Gleba B, participa dos festejos de São Thomaz. Há 8 anos ela se dedica à organização da festa e faz os arranjos de todos os andores de santos da procissão. “Para mim, é uma honra participar dos festejos. Minha fé me motiva cada vez mais a servir a igreja e trabalhar nas obras do Senhor”.

Os festejos em homenagem ao padroeiro da cidade contam com o apoio da Prefeitura, através da STT (Superintendência do Trânsito e Transportes) e da Coordenação de Eventos do Município.

HISTÓRIA

São Thomaz foi chanceler do rei Henrique II e tornou-se bispo da Igreja Católica da cidade inglesa de Canterrboy, que em português significa Cantuária. A igreja recebeu o nome do religioso porque entre os anos 20 e 30, o casal britânico Thomaz e Tomázia, que trabalhavam nas obras de construção da linha férrea de Camaçari, doou o terreno à Igreja Católica.

Em 1966, o arcebispo emérito do Rio de Janeiro, Dom Eugênio de Araújo Sales, funda a paróquia de São Thomaz. Depois, a instituição se desmembra em mais três paróquias compostas pelas igrejas Nossa Senhora Sant’Ana, no bairro Gleba A, São Thomé, no bairro Gleba E e São Bento, em Monte Gordo.

Até esta época, o padroeiro de Camaçari era São Miguel, já que o Município era distrito de Vila de Abrantes. Após a emancipação política, cada localidade teve autonomia para nomeação do próprio padroeiro.




Autor:




Principal Ouvidoria
Instituto de Seguridade do Servidor Municipal: Rua Francisco Drumond, S/N, Centro Administrativo. CEP. 42.800-970
Camaçari - Bahia - Brasil - Tel +55 71 3621-6632
Horário de funcionamento de 08h as 17h
Horário de atendimento de 08h as 16h
© 2010 - Versão: 2.0.0 - Prefeitura Municipal de Camaçari Desenvolvimento - Secad/CCTGI/GEPRO